25.4.07

MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA


Disciplina: Análise textual
Professor: Marcelo Silveira




RELATÓRIO DE VISITA AO MUSEU DA LINGUA PORTUGUESA

“(...) A língua é nossa mãe. O museu cuida de todos os aspectos da língua escrita, falada, da língua dinâmica, a língua da interação, a língua do afeto, a língua do gesto, e de tudo isso este museu vai cuidar.” Gilberto Gil (Discurso de inauguração do Museu em 20/03/2006).


O Museu da Língua Portuguesa é um misto de tradição, modernidade e tecnologia. Tradição porque foi instalado em três andares do prédio da Estação da Luz, onde, no fim do século XIX chegavam os imigrantes, que tinham ali, o primeiro contato com a Língua Portuguesa. Atualmente toda a região passa por modificações que fazem parte do projeto de recuperação e reurbanização do centro histórico da cidade de São Paulo.
Modernidade e Tecnologia porque, desde a entrada encontramos características que vão além de um museu convencional.
Ao lado do elevador panorâmico há uma escultura de 16 metros que nos acompanha até o 3º andar, chamada “Arvore da Língua”; as raízes são formadas por palavras antigas que deram origem e retratam a evolução do idioma.
O 1º andar, onde ficam as exposições temporárias, estava fechado para a preparação da exposição Clarice Lispector – A Hora da Estrela, que estreou em 23/04/07.
No auditório (2º andar), é exibido um filme que conta a trajetória histórica da Língua, quais povos influenciaram a sua formação e em quais paises o idioma é falado. Ao final, uma surpresa: a tela é erguida, dando passagem para a “Praça da Língua”, onde são projetados em todo o espaço, do teto ao chão e ao mesmo tempo, imagens e sons de textos e poesias clássicas da Língua Portuguesa.
No 3º andar fica a “Grande Galeria”, que lembra uma estação de trem. No corredor à esquerda são projetados filmes em uma grande tela (106 metros de comprimento) sobre temas variados: como o idioma é usado no carnaval, no futebol, no dia-a-dia, etc. Ao centro ficam as “Palavras Cruzadas”, são oito totens multimídia com monitores interativos, que disponibilizam informações sobre as influências de outras culturas no idioma. No corredor da direita, se encontra um painel chamado “Linha do Tempo”, contendo informações e imagens históricas, com monitores interativos, onde o visitante pode se aprofundar no tema relacionado com aquele ponto específico da linha do tempo, através de vídeos. Há também o “Mapa dos Falares”, onde, escolhendo o estado, pode-se ouvir como é o português falado em cada região do País, e, no final da Galeria fica o ”Beco das Palavras”, um jogo interativo, onde se projetam partes de palavras em três telas horizontais, o objetivo é formar palavras, quando se consegue, seu significado e origem aparecem no meio da tela em forma de texto, imagem e som.
O museu é um misto de tradição, modernidade e tecnologia.
Tradição porque, a tradição oral construiu a Língua Portuguesa, base da cultura brasileira, o visitante descobre e percebe a importância do seu falar e de como este falar o insere no mundo.
Tecnologia e modernidade porque, ao disponibilizar um acervo virtual, e as ferramentas necessárias para a interação do visitante, propicia uma reflexão, um novo olhar, uma relação de surpresa e curiosidade por uma coisa tão natural quanto o ar que respiramos.
Neste museu o visitante tem de estar atento e disposto para se aventurar em formas provocativas de conhecimento e aprendizado, pois, a tecnologia utilizada é um meio para nos darmos conta de que, também construímos e contribuímos para a evolução da nossa língua.

MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA
Localização: Estação da Luz, na Praça da Luz, s/nº, região central de São Paulo.
Funcionamento:Terça-feira a Domingo, das 10 ás 18 horas, (sábados: entrada gratuita). Os ingressos custam R$ 4,00 com 50% de desconto para estudantes. Entrada gratuita para menores de dez anos e professores do ensino público.
Telefone: (011) 3326-0775
Website:
www.museudalinguaportuguesa.org.br

Bibliografia
Na internet:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Museu_da_L%C3%ADngua_Portuguesa

Nenhum comentário: